Archive for Month: setembro

Renda fixa menos conservadora tem opções para bater fácil a poupança

Com a taxa de juros mais baixa, você não precisa ficar preso ao CDI. Conheça as opções mais rentáveis dentro da própria renda fixa Em tempos de juros em queda, a rentabilidade das aplicações de renda fixa, de forma geral, tende a baixar. Nesses cenários, o investidor que deseja...

Leia Mais

Mesmo com juro baixo, título público ganha fácil da poupança

Para qualquer perfil de investidor, título público é alternativa conservadora indicada para quem quer sair da poupança Os sucessivos cortes na taxa básica de juros têm impactado a rentabilidade das aplicações de renda fixa, que têm sua remuneração, de uma forma ou de outra, atrelada à Selic. De fato,...

Leia Mais

Saiba quais são os custos do investimento em ações

Investimento em ações e outros ativos de renda variável está sujeito à cobrança de algumas taxas; conheça-as O investimento direto em ações e outros ativos de renda variável envolve alguns custos, seja no home broker, seja na mesa de operações. O principal deles é a taxa de corretagem, que remunera...

Leia Mais

Mesmo menos rentável, poupança está melhor que renda fixa?

Corte na Selic para 8,25% ao ano reduziu rendimento da poupança e da renda fixa pós-fixada, mas isenção de IR da caderneta lhe daria leve vantagem Na semana passada, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) cortou a taxa básica de juros para 8,25% ao ano, acionando o...

Leia Mais

Entenda o que são FIDCs, os fundos de direitos creditórios

Entenda o que são e como funcionam os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs), também chamados de fundos de recebíveis Os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios (FIDCs) são fundos de investimento em renda fixa que aplicam, no mínimo, 50% do seu patrimônio em direitos creditórios. Direitos creditórios...

Leia Mais

Gostou deste artigo? Compartilhe!